FESTIVAL DE FOTOGRAFIA DO SERTÃO

Feira de Santana surgiu de uma fazenda, localizada na estrada das boiadas, três léguas ao sul do arraial de São José das Itapororocas, chamava-se Sant’Ana dos Olhos d’Água. Pertencia ao português Domingos Barbosa de Araújo e sua esposa Ana Brandão, que nela se havia instalado nos princípios do século dezoito. Domingos e Ana construíram uma capela próxima da casa de residência, dedicada a Sant’Ana e a São Domingos. A devoção era tal que, quando faleceram em 1833, toda a fazenda foi considerada propriedade da capela, não podendo ser dividida nem vendida. Algum tempo depois da construção da capela, tornou-se ela um ponto de encontro para o povo da região, que aí se reunia para fazer orações, visitas e negócios. Dessa maneira, pouco a pouco ia desenvolvendo uma feira periódica em Sant’Ana dos Olhos d’Água. A feira, que teve início por volta de 1840, deu o seu nome à atual Feira de Santana. Conhecida a princípio como a Feira de Santana dos Olhos D’Água, depois se chamou simplesmente Feira de Santana.

A Bahia, por causa de sua formação geográfica, divide-se em duas regiões distintas e desiguais. A primeira é a estreita planície costeira, ou seja uma área agrícola bastante rica, onde caem pesadas chuvas no inverno. Este cinturão tropical estende-se ao longo da orla marítima, de norte a sul e varia em largura de dez a cinquenta milhas. A segunda das duas regiões da Bahia é o sertão, um vasto planalto semi-árido que cobre a maior parte do interior do Estado. É uma terra de sêcas periódicas, de invernos frios, compridos e sem chuva, de verões quentes, apenas interrompidos por trovoadas ocasionais.

Feira de Santana localiza-se favoravelmente entre o sertão e a costa, aproximadamente há 100 quilômetros da cidade do Salvador, utilizando-se a rodovia federal BR-324. É cortada por três importantes rodovias federais (BR-324, BR-101 e BR-116) e está numa elevação de 256 metros (aproximadamente 800 pés) situa-se numa porção de Planalto interior que alcança quase até a baía de Todos os Santos. Feira de Santana transformou-se de região pastoril, quase desconhecida, de escassa população, numa das comunidades mais ricas e mais densamente povoadas do sertão baiano, aproximadamente 700 mil habitantes, inúmeras faculdades e universidades, shoppings, centro industrial e forte setor comercial. Essa importância explica-se pela feliz combinação de fatores geográficos e humanos que fazem de Feira de Santana a “Princesa do Sertão”, como a batizou Rui Barbosa em 1919.

COMO CHEGAR

Chegando pelo Aeroporto de Salvador, dista 100 Km pela BR-324, rodovia em pista dupla e com 03 praças de pedágio. Vindo do Norte do Brasil, chega-se através da BR-116 (norte) e vindo-se do Sul do Brasil, chega-se através das BR-101 ou BR-116 (sul). Três grandes rodovias federais, juntam-se em Feira de Santana, tornando-a um dos maiores entroncamentos rodoviários do país. Da Estação Rodoviária de Salvador, existem ônibus (comercial e executivo) com saídas para Feira de Santana (e vice-versa) durante todo o dia, com duração de viagem de 1:40h.

Feira de Santana é mais um destino atendido diariamente pela Azul. A cidade está situada no agreste nordestino. Para chegar até lá, uma ótima opção é adquirir passagens aéreas para fazer uma viagem mais rápida e cômoda. O visitante irá desembarcar no aeroporto Governador João Durval Carneiro, que fica localizado no nordeste do município e pode ser acessado pelo Anel Rodoviário no trecho Leste-Norte. Distante a 12 km do centro, dispõe de sala de embarque e desembarque, área vip, lanchonete, serviço de táxi, estacionamento e outros serviços.

ONDE SE HOSPEDAR

O Festival de Fotografia do Sertão fez parceria com cinco hotéis, os quais praticarão valores diferenciados para os participantes do evento. Necessário informar ao setor de reserva que trata-se de participante do Festival de Fotografia do Sertão. Clique aqui e veja o mapa…

:: Classe Apart Hotel – Rua Marechal Castelo Branco, 102 – Centro – (75) 2101-1000

:: Hotel Acalanto – Rua Torres, 77 – Centro – (75) 3612-6700

:: Hotel Atmosfera – Rua São Domingos, nº 588 – Santa Mônica – (75) 3023-8300

:: Hotel Eldorado Inn – Av. Presidente Dutra, nº 2628 – Capuchinhos – (75) 3625-0643

:: Único Apart Hotel – R. Brigadeiro Eduardo Gomes, nº 11 – Capuchinhos – (75) 3226-5006







APOIO:

APOIO FINANCEIRO:

REALIZAÇÃO:

Copyright 2017©  - Festival de Fotografia do Sertão - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por - André Lemos - Web Master - (75) 98132-0964

APOIO:

APOIO FINANCEIRO:

REALIZAÇÃO:

Copyright 2017©  - Festival de Fotografia do Sertão - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por - André Lemos - Web Master - (75) 98132-0964